novembro, 2010



Zazá na British Colony

30 nov

A British Colony fechou parceria com a Grendene e lançou a Rider Maxime, super charmosa e confortável. O coquetel de lançamento foi na loja do São Conrado Fashion Mall, com Rodrigo Penna no som, e o Zazá em Casa nas comidinhas. Fizemos salmão com espuma de wasabi na pita crocante, crepe de tâmaras com coalhada e hortelã, koni crocante de harumaki com brigadeiro e raspas de chocolate belga, de chocolate branco com limão siciliano, e um monte de outras delícias.
Foi tudo lindo! Amamos demais.

 
 

Fernanda Torres e Miele festejam no Zazá

20 nov

A vida é só felicidade! Fernanda Torres e Miele comemoram aqui no Zazá a estreia da série “Amoral da História”, no Multishow. O evento, na segunda feira retrasada, reuniu 30 pessoas no nosso segundo andar. As estrelas (gastronômicas) da festa foram as pastillas marroquinas e o tartar de salmao e atum com teriaki de gengibre.

 

Vem com a gente!

15 nov

Hoje a gente vai mostrar aqui um pouco dos bastidores do Zazá, ou como decidimos o cardápio que vos chega todos os dias.
Esta semana, nos reunimos aqui para pensar em novos pratos. O Pablo ia preparando as receitas, e a gente garfando todas num brainstorm coletivo. Tivemos peixe no espeto servido com abóbora e uma releitura de salada grega, e por aí vai. Essas reuniões não tem nunca uma data certa para acontecer. Não precisa de pretexto: feriado, mudança de estação, nada disso. Precisa é do clima. Quando sentimos vontade de mudar alguma coisa, nos reunimos e começamos o processo. Mas é sempre pensando em vocês!

 
 

St.Barts, a França dos Trópicos

08 nov

Saint-Barthélemy é daqueles lugares que a gente tem que ir pelo menos uma vez na vida. Balneário-símbolo do caribe francês, St.Barts é uma versão ultramarina de Saint Tropez, com hoteis de charmes, restaurantes incríveis e boutiques com sotaque sinceramente francês. Mas com um plus motif: o clima dos trópicos.

St. Barts tem 32 praias, todas deslumbrantes. A Baie Saint Jean, com duas praias divididas pela Pedra do Eden, é onde o galo canta. Gouverneur e Colombier, as mais selvagens. Marigot e Lorient são as preferidas de quem mora na ilha. Com estátuas naturais de sal, Saline também é um passeio imperdível. E a Shell é onde todos vão para ver o pôr do sol.

Come-se bem em St. Barts. Incrivelmente bem, aliás. O La Plage tem uma pegada romântica, com velas e mesas na areia. O Maya´s to go é outro imperdível, com pratos da culinária tradicional caribenha (o restaurante fez o jantar servido na festa de casamento do Marc Jacob). E não deixe, de jeito nenhum, de ir ao restaurante Le Gaïac. É o créme de la créme. Stéphane Mazieres, o chef de lá, serve loucuras como o gazpacho de cenoura aromatizado com laranja, servido com guacamole e camarões crocantes, e uma salada de manga com crab, sorvete de guacamole e espuma de limão sicialiano.

Para se hospedar, o Isle de France e o Le Toiny são super legais. O Villa Lodge também é o máximo, espaçoso, e tem um estilo mais cool. E tem o Eden Rock, que fica naquela pedra que divide a Baie St. Jean.

Agora às compras! As marcas famosas estão na Carré d’Or, em Gustavia. Prada, Hermes, etc. A Lolita Jaca, com suas batas incríveis, também fica lá. Dê uma passada para conhecer. Para biquinis de virar a cabeça, vá ao Pain de Sucre, e fique sabendo o que estão usando no mediterrâneo francês.

E IMPRESCINDÍVEL: tome a vacina para febre amarela com pelo menos dez dias de antecedência. É obrigatório.

 
 

Clipe de domingo: Yael Naim

07 nov

A gente selecionou para hoje um clipe de Yaël Naïm, a cantora franco-israelita descoberta pelo comercial do MacBook Air. Músicas que a gente ama por aqui!!! Relax, e tenha um bom domingo!

Com vocês, New soul, a música do MacBook…

 
 

O mundo sob os seus pés

03 nov

Florian Pucher é um designer que faz tapetes diferentes. E a gente aqui adora coisas diferentes. Logo, adoramos Florian Pucher. Ele faz a gente ir da Ásia à Europa num passo: Pucher desenha tapetes que lembram imagens topográficas, e dá a eles cores sugestivas. África é terracota, Europa é verde com tons de folhas secas, Holanda é colorida e Estados Unidos, camuflagem.


Divertido, né? Agora olha o trabalho da designer Liz Eeuwes, que bárbaro! O primeiro é inspirado na cidade de Lisse, e o segundo, em Bali.


Demais, né?